Toca a empregar – a Ana Perpétuo

IMG_6629Há trabalhos com muito valor, ainda que o valor não esteja reflectido na remuneração. Na verdade, raramente está. A Ana Perpétuo trabalhou na área social durante 15 anos, em Coimbra. Coordenou equipas de rua na área da toxicodepedência, sem abrigo e prostituição.

Durante 14 anos trabalhou para uma instituição religiosa, a recibos verdes. Ainda assim, acreditem naquilo que vos vou dizer, a Ana Perpétuo gosta do que faz. Quinze anos a lidar com a toxicodependência, a pobreza e a prostituição, a recibos verdes, sempre com o risco de se ver de um dia para o outro desempregada – como acabaria por ver – e gosta muito do que faz. Isto devia fazer pensar aquelas pessoas que passam a vida cronicamente deprimidas só porque a vista do escritório não é a melhor.

Pois bem, como se não bastasse a experiência da Ana Perpétuo, ainda tem 42 anos, que é mesmo aquela idade certa para se entrar em mais uma missão, que tanto pode ser em Coimbra como em África, porque a Ana Perpétuo admite sair da sua zona de conforto, se é que alguma vez lá esteve.

Para contactos e mais informações fica o e-mail da Ana: [email protected]

Entretanto, se estás desempregado ou desempregada e achas que isso é uma injustiça monstruosa pois és um profissional ou uma profissionala de elevado gabarito, escreve para o [email protected] Para saber mais, Toca a empregar.