Natal: Depois de receber um veto de Marcelo, Governo diz que os portugueses não se deviam queixar das peúgas

Numa nota enviada pelo Palácio de São Bento, há instantes, o Governo defende que os portugueses não se deviam queixar das peúgas que receberam. Em causa está o veto que o Governo recebeu do Presidente da República, sobre a recuperação de parte das carreiras dos professores.

“Se acham quem meias é um presente assim-assim, experimentem receber um veto”, escreve o executivo, que ainda procurou um talão junto com o veto, a ver se trocava por um acessório de moda, desde que não fosse luvas.

Entretanto, os pais tentam explicar às crianças que se o menino Marcelo não foi bom para o Governo, alguma coisa o Governo deve ter feito de errado.