Sábado, Maio 28, 2022
InícioPaísVoltaram as poeiras: Portugueses devem acender os fogareiros, Gouveia e Melo está...

Voltaram as poeiras: Portugueses devem acender os fogareiros, Gouveia e Melo está no comando, as sardinhas vão começar a ser distribuídas

É uma notícia de última hora. Portugal elevou a ameaça de sardinhada para o nível máximo. O Presidente da República vai declarar nas próximas horas a lei churrascal. Os portugueses devem começar a acender os fogareiros e as sardinhas vão começar a ser distribuídas durante a madrugada deste sábado.

Em causa está o regresso das poeiras do Norte de África, isto depois de Portugal ter confirmado, na semana passada, a intenção de cobrir os céus do Norte de África com o fumo de sardinhas. A decisão esperava por melhores condições atmosféricas, mas o regresso das poeiras, numa clara provocação, anteciparam o início da operação.

- Publicidade -

No comando está Gouveia e Melo, Chefe de Estado-Maior da Armada, que acaba de assumir funções como Chefe de Estado-Maior da Sardinhada. “A escolha de Gouveia e Melo para esta missão leva-nos a acreditar que nada vai falhar, nomeadamente a qualidade das brasas e a distribuição das sardinhas”, explica o general Simplício, comentador do IF para assuntos de barbecue e presidente do Instituto Nacional das Patuscadas.

“Portuguesas e portugueses”, acaba de começar a falar o Presidente da República, “depois do anúncio claro e inequívoco de Portugal, o Norte de África voltou a cobrir-nos com as suas poeiras, mesmo considerando que em menor número e por menos tempo”.

“Ainda assim”, continua a falar, “entendemos este gesto como uma afronta e tomámos a decisão de antecipar a sardinhada, com a qual iremos cobrir os céus do Norte de África, durante 3 dias, com o fumo das nossas sardinhas. Portugueses, somos todos precisos nesta hora, mesmo aqueles que por uma razão ou por outra não apreciam o popular pitéu. Eles não vão ver nada e terão as suas casas e automóveis a pingar gordura. Não substituam por outra iguaria, porque não produz tanto fumo. Portugueses, Portugal é um país amigo, talvez por isso abusem, uma e outra vez, da bondade dos portugueses. A mensagem tem de ser, por isso, clara. Não podemos ser patós. Ainda tenho fatos na lavandaria. Obrigado e boa sorte”.

Uma mensagem dura do Chefe de Estado, numa altura em que a Casa Civil distribui pelos jornalistas aquele que deverá ser o hino de Portugal nos próximos dias.

Hérois da grelha / nobre peixe / abafador e acendalha / abanai sempre de novo / o fogareiro ou o grelhador / entre minis e águas tónicas / ó Maria, traz as sardinhas / e os pimentos dos teus avós / que hão de juntar-se à salada / às brasas!, às brasas!

ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

Últimas