Depois da venda: Aviões da TAP já começaram a viajar só com um piloto que também serve as refeições

2015-06-24-David-Neeleman-1Depois de ter sido ontem assinado o acordo de venda da TAP, os aviões da companhia aérea nacional já começaram esta quinta-feira a voar apenas com um piloto que também serve as refeições, dá as instruções de segurança e ajuda a arrumar a bagagem.

«Estamos todos, está tudo ok? Os cintos, estão postos? Pronto, então agora vou lá para a frente descolar isto e depois já cá venho dar-vos um snack. Vá, até já. Qualquer coisa chamem-me», afirmava esta manhã o comandante Simplício, antes de descolar de Lisboa em direcção a Bruxelas.

«Têm de esperar um bocado, eu já vou», gritou pouco depois, do cockpit, numa altura em que era chamado por alguns passageiros mas ainda não tinha estabilizado o aparelho à altitude certa.

«Prontinho, ora vamos lá… snacks, não se importam que eu dê aqui à frente e vocês vão passando para trás, pois não? É que é melhor ficar aqui perto, não vá o controlo aéreo contactar-nos e eu andar na cauda a distribuir croissants», afirmou então, enquanto começava a distribuir os snacks.