Ana Gomes visitou Rui Pinto na prisão e levou-lhe o supercomputador Bob escondido num bolo de cenoura

Ana Gomes visitou Rui Pinto na prisão, naquele que é só mais um gesto de apoio ao hacker que teve acesso a tudo depois de se registar no Nónio

No entanto, o Imprensa Falsa sabe que a visita não foi apenas uma manifestação de apoio. Ana Gomes terá levado, escondido num bolo de cenoura, o supercomputador Bob, o primeiro supercomputador português que foi inaugurado recentemente em Riba de Ave. 

Na pastelaria Doce Docinho estranharam a encomenda de um bolo de cenoura sem interior.

“Mas isto há pessoas excêntricas e então as que aparecem na televisão… vem aí um actor que pede sempre uma viana de chocolate sem chocolate e há outro jornalista que quer uma trança, mas esticada, temos de estar a desenrolar a trança sem a partir”, explica Simplício, proprietário da confeitaria Doce Docinho.

Entretanto, de Riba de Ave desapareceu o supercomputador Bob. “Chegámos cá de manhã e só estava o supertapete do super-rato”, lamenta o engenheiro Simplício, que espalhou papéis por Riba de Ave à procura do Bob. 

Como se não bastassem as suspeitas, na prisão onde está Rui Pinto o quadro foi abaixo pouco depois de Ana Gomes sair. Terá sido quando Rui Pinto ligou o Bob à corrente. 

Felizmente, Ana Gomes ainda estava perto e voltou atrás, tendo feito uma puxada para a prisão, que está agora com o dobro da potência.