Hacker Rui Pinto garante que nunca quis entrar num computador, só se registou no Nónio e ficou com acesso a tudo

O hacker Rui Pinto pode estar perto de resolver todos os seus problemas judiciais depois de explicar que nunca quis entrar em qualquer computador que não fosse seu, afirmando a sua defesa que apenas se registou no Nónio e ficou com acesso a tudo. 

“Se mais alguém tivesse feito o registo no Nónio, teria conseguido ver o que viu o meu cliente, o senhor hacker Rui Pinto”, explicou o advogado, dr. Simplício. 

O próprio Rui Pinto teve oportunidade de esclarecer o que fez. “Eu nem percebo de computadores, senhores doutores, eu é só na óptica do utilizador e às vezes nem isso, mas um dia ia ler uma notícia e aquilo pediu-me um registo e eu ‘está bem’, quando dou por mim tinha acesso a tudo”, explicou. 

Sobre ter continuado a aceder, o jovem diz que só queria sair dali. “Mas aquilo era um labirinto, uma pessoa para sair não é só voltar para trás ou pelo menos sou eu que não sei como é que se volta para trás”, concluiu.