Websummit deverá ser cancelada mas a Ovibeja não só se mantém como os forcados querem pegar o coronavírus

-

Apoie o Imprensa Falsa

Saiba aqui como apoiar o IF a prosseguir a nobre missão de desinformar com rigor. É uma dúvida que assola muitos leitores. Chegou a resposta.

Numa altura em que a crise do coronavírus ainda não tem fim à vista, são cada vez mais os eventos cancelados. Por agora, é praticamente certo que a edição deste ano da Websummit não se deve realizar.

“Ai, pois, não há condições para empreender, de maneira nenhuma, nem eu conseguia fazer o pitch de máscara, só se fosse para vender a máscara”, explica Simplício, que inventou uma app que não faz nada, mas também não atrapalha.

“Se estiver a atrapalhar, eu inventei outra que apaga a primeira, mas também é só isso que faz”, acrescenta.

Entretanto, se a feira dos empreendedores deve ser cancelada, já a Ovibeja garante que não há Covid-19, nem coronavírus, “nem crl nenhum” (sic), que a cancele. “A gente os bichos vende, na foge deles”, explicam.

Pelo contrário, a Ovibeja deverá acontecer com a máxima normalidade e os forcados de Beja pretendem mesmo pegar o coronavírus na corrida da feira.

“Até pode ser que se encontre aqui uma salvação para a festa brava, hã, na medida em que as pessoas não gostam que se faça mal aos toiros mas aos coronavírus até agradecem”, afirma Simplício, cabo do grupo.

“Éi! Éi! Éi! Ah… vírus lindo… Ói! Aí tá o vírus… isso… aí tá o vírus! Vírus! Vírus vírus vírus víru vír ví v…” assistiu-se já esta tarde, durante um treino.

“Para treinar pegámos um H5N1 com 468 quilos”, explica o cabo, “o vírus era bravo, veio pelo seu caminho, não complicou, encontrou-se bem com o forcado e proporcionou-se uma bonita pega”.

Apoie o Imprensa Falsa

Saiba aqui como apoiar o IF a prosseguir a nobre missão de desinformar com rigor. É uma dúvida que assola muitos leitores. Chegou a resposta.