Início País Utentes que atacam médicos vão passar a ser seguidos por veterinários

Utentes que atacam médicos vão passar a ser seguidos por veterinários

Publicidade

“Aí, alto! Manso… quieto… ah, lindo… isso, calma…”, afirmava esta tarde o Dr. Simplício, o veterinário para onde foi reencaminhado um utente do Serviço Nacional de Saúde que na semana passada comeu uma orelha ao seu médico de família.

Recorde-se que o Dr. Simplício, habituado a trabalhar no campo, tem experiência com as maiores bestas. “Isto para mim não é nada… ah, lindo… puxe o cabo, senhora enfermeira, puxe… isso amarre-o bem… ah utente lindo, estamos muito agitados hoje”, continuava a consulta.

Entretanto, as alterações não se ficam por aqui, porque estes utentes, apesar de terem sido expulsos do serviço nacional de saúde, ganharam um tratamento completamente diferente ao serem seguidos por médicos veterinários e biólogos.

Assim, os utentes nestas condições podem ter a sorte de irem buscá-los a casa, nomeadamente quando é preciso espetar-lhes antes com um dardo tranquilizante.

“Não podemos fazer barulho”, afirma uma médica veterinária no exacto momento em que tentam apanhar um utente em casa. “Estou quase a ter um tiro limpo, ele está a fazer os cereais… calma… [ztrás] podemos avançar! Em cheio, ficou a dormir”, avançam então.