Sem obstetras, Governo vai contratar personal trainers que também podem gritar “força, vamos, bora lá”

A ministra da Saúde reconheceu este Sábado que o Governo só não contrata mais obstetras porque não há. “Isto está pior para encontrar um obstetra do que um canalizador”, afirmou a responsável. 

No entanto, o executivo já tem solução para os próximos meses, período de férias, que estava a levantar grandes problemas no serviços. Sem obstetras, vão ser chamados personal trainers, que também podem gritar “força, vamos, bora lá, isso…”. 

“Vai ser um desafio interessante, nunca ajudei a dar à luz, mas no fundo só temos de mudar um pouco as palavras de ordem”, explica Simplício, personal trainer, que já esteve este Sábado a treinar: “Força, vamos lá, isso, insiste, força, sem parar, é até sair o bebé, isso, meio Rúben!, só falta meio Rúben!, bora lá…”.  

Entretanto, no caso de vários partos ao mesmo tempo, os personal trainers já estão a estudar a hipótese de fazer aulas. “As grávidas tiram uma senha para a aula de baby pump”, afirma Simplício, “até pode ser uma boa prática porque depois umas puxam pelas outras”.