Rui Pinto entrou sempre onde quis mas não tem nada em papel pois também nunca conseguiu sincronizar a impressora

O mais famoso hacker da actualidade, que acaba de ser acusado de vários crimes, conseguiu sempre entrar onde quis, desde servidores governamentais até ao mais simples e-mail, mas Rui Pinto não terá nada em papel porque nunca conseguiu sincronizar a impressora com o computador. 

É um problema que afecta milhões em todo o mundo, mas que não se esperava que também fosse uma dificuldade para estes especialistas. 

Segundo o Imprensa Falsa conseguiu apurar, Rui Pinto terá até entrado nos servidores da empresa que fez a impressora, mudou aquilo tudo, viu os e-mails e chegou a mesmo a conseguir levar a empresa a produzir uma impressora segundo as suas exigências, fazendo-se passar por engenheiro. 

Ainda assim, quando a recebeu em casa, continuou sem conseguir fazer a sincronização. 

“Plimm…”, deu novamente erro e Rui Pinto passou-se, num ataque de nervos que pode ter ajudado à sua captura.