Início Internacional Portugueses juntam-se aos protestos na Rússia mas para exigir a libertação de...

Portugueses juntam-se aos protestos na Rússia mas para exigir a libertação de Graça Freitas

| @zepiter |

Os portugueses juntaram-se aos protestos na Rússia, que defendem a libertação do opositor russo Nalvany, mas no caso dos portugueses o que querem é a libertação de Graça Freitas.

“Onde é que puseram a senhora!? Queremos a Graça Freitas de volta! Volta Graça! Patifes! Bandidos”, gritava Simplício, enquanto era levado pela polícia russa. Foi libertado quando viram o cartaz com a imagem da directora geral de Saúde.

Os protestos ocorreram na Rússia porque em Portugal não se pode sair de casa. Para além disso, os manifestantes também não sabiam do que o Governo português era capaz.

“Por isso viemos até à Rússia, porque o senhor Vladimiro também é de gancho, mas não tanto”, explicam.

Sobre Navalny, os portugueses afirmaram apenas que “pronto, achamos que também devia ser libertado”, e foi suficiente para serem detidos ali mesmo. No entanto, acabariam por ser libertados depois de afirmarem “mas não gostamos de nos meter nos problemas dos outros”.