Início Sociedade Polícias que prenderam José Castelo Branco também tiveram de lhe comprar o...

Polícias que prenderam José Castelo Branco também tiveram de lhe comprar o perfume

-

Mais uma factura que o deputado do Chega deverá levar para o Parlamento nos próximos dias. Os polícias que prenderam José Castelo Branco, esta quarta-feira, no aeroporto de Lisboa, viram-se obrigados a comprar o perfume para o marchand d’art.

“Não, não me levem assim a cheirar a homem do campo… suas bichas, cheiro pior que vocês depois de uma perseguição a pé, que horror…”, gritava José Castelo Branco, pelos corredores do aeroporto, até que os agentes, habituados a comprar tudo, acabaram por adquirir um frasco de perfume.

“Ai, obrigada darlings”, agradeceu, já todo cheiroso, “agora vamos para esses calabouços, que eu não passo de uma ladra!”.

José Castelo Branco viria a ser libertado pouco depois, sendo o primeiro caso em que o suspeito de um crime saiu em liberdade porque os agentes de autoridade já não podiam mais com ele.