Segunda-feira, Julho 1, 2024
InícioPaísNinguém aparece em protesto contra aumento do IUC para automóveis anteriores a...

Ninguém aparece em protesto contra aumento do IUC para automóveis anteriores a 2007 porque os carros não pegaram

Depois da marcha lenta, o protesto sem marcha.

“Temos de protestar, lutar pelos nossos direitos, não podemos ficar no sofá, se não formos nós a defender os nossos interesses, ninguém defenderá”, foi com estas palavras que Simplício, proprietário de um monovolume de 2004, convenceu a família a participar num protesto, este fim-de-semana, contra o aumento do IUC nos automóveis anteriores a 2007.

“Fran-ran-ran-ran-ran-ran-ran-ran-ran”, Simplício deu à chave, mas pode ser do frio. “Esperem”, pediu Simplício. “Fran-ran-ran-ran-ran-ran-ran-ran-ran”, continuou o monovolume. “Vá lá, é por ti, anda lá…”, suplicava Simplício, mas a monovolume: “Fran-ran-ran-ran-ran-ran-ran-ran-ran”.

Ao cabo de algumas tentativas, acabariam por desistir e voltar para casa. “Nestas coisas, o que conta verdadeiramente é a intenção e nós quisemos muito ir”, tentava animar Simplício.

Certo é que ninguém apareceu no protesto contra este aumento do IUC, suspeita-se que pelas mesmas razões. “Estamos a falar, como se vê, de automóveis que nem sempre andam, era o que faltava pagarem mais por um imposto de circulação”, justificava um membro da organização do protesto, que já calculando foi de metro. “No máximo, devia pagar-se IUCAV, o imposto único de circulação às vezes”, acrescentou.

Apoiar o IF

Tenha a bondade de auxiliar o IF com a sua bondade, por favor.

Artigos relacionados
- Advertisment -

Populares