Mundo em silêncio para não perturbar reflexão dos portugueses

[the_ad id=”10494″] O mundo tem estado em silêncio nas últimas horas, apoiando desta forma os portugueses neste dia de reflexão. “Cof, cof”, tossiu há instantes alguém no Japão, mas foi a única coisa que se ouviu. “Huhummm”, expectorou entretanto alguém no Canadá.

“Peço imensa desculpa, pensava que estava em silêncio”, acaba de lamentar um indivíduo na Argentina, depois de se ouvir o toque de uma notificação no seu telefone.

Para além disto, recorde-se que a Coreia do Norte também prometeu não testar nada. “Íamos testar um míssil intercontinental com capacidade para chegar a um coral no fundo do oceano, mas sendo assim adiámos o teste para não distrair os portugueses”, explica o regime de Pyongyang.