Sexta-feira, Janeiro 27, 2023
InícioLocal"Mule": Aldeia recebe o primeiro sistema de burros partilhados

“Mule”: Aldeia recebe o primeiro sistema de burros partilhados

Podemos estar perante o futuro da mobilidade rural. A Mule, um unicórnio criado por dois jovens que arrecadaram 20 milhões na Ovibeja, acaba de implementar, numa aldeia, o primeiro sistema de burros partilhados.

“Nós estávamos à procura de soluções de mobilidade urbana, até percebemos que já não cabia nada nos passeios, só se fosse alguma forma de locomoção que pudesse ser estacionada em cima da cabeça das pessoas”, explica Simplício, “nisto o meu amigo vai assim ‘não estamos a pensar fora da caixa’ e foi aí que avançámos para a mobilidade rural”.

Nasce então a Mule, uma plataforma digital que vai disponibilizar burros, para já, na aldeia de Coices. “Mas queremos crescer, chegar ao milhão de burros já em 2024”, garante Simplício.

O sistema é simples. Através de uma aplicação, basta procurar um burro disponível e reservá-lo. O animal está limpo e alimentado, pronto para a viagem, seja em lazer, para transportar alguma carga ou efectuar trabalhos no campo.

Em Coices, a população está satisfeita. “É muito prático, não temos de ter o burro, porque nem sempre precisamos dele e é uma despesa”, explica Juvenal, montado num burro partilhado. “Já numa ocasião não havia burros disponíveis aqui no centro, porque isto tem sido um sucesso, mas estava um do lado de lá da Igreja”, acrescenta.

Recorde-se que o custo do serviço é de 0,20€ por quilómetro. Pode deixar-se o burro em qualquer lado, mas tem de ficar amarrado.

OUTROS ARTIGOS

Mais Recentes