Marcelo nem queria cumprimentar Greta, para não se aproveitar, mas vai ter de rebocá-la a nado pois o vento amainou

O Presidente da República não queria aproveitar-se politicamente da presença de Greta em Portugal, mas acaba de se lançar ao mar para rebocar a activista até terra.

“Parece que o vento amainou e então já não chegavam nesta terça nem na terça da próxima semana e a rapariga ia perder a cimeira de Madrid”, esclarece Marcelo, enquanto faz um pouco de aquecimento. “Está ali a 20 milhas da costa, é rápido”, confirma.

Recorde-se que normalmente costumam ser rebocadores a fazer este serviço, mas quando falaram nessa hipótese à jovem, que começou a imaginar dois potentes barcos a diesel a deitar fumo, atirou-se literalmente ao mar. Mas calma, que já voltou.

“Bom, vamos a isso [splash]”, o Chefe de Estado já está a caminho.