InícioLocalLisboa: Medina detona parte do Metro de Arroios porque não achava correcto...

Lisboa: Medina detona parte do Metro de Arroios porque não achava correcto reabrir em cima das autárquicas

| @zepiter |

O presidente da Câmara de Lisboa detonou esta segunda-feira parte da estação de Metro de Arroios, que estava em obras há quatro anos.

Segundo o Imprensa Falsa conseguiu apurar, o autarca não achou correcto reabrir esta estação em cima das autárquicas, portanto fez estragos para, pelo menos, mais um ano de obras.

“O Dr. Medina ficou muito aborrecido, estava há meses a insistir para que não concluíssem a obra em cima das eleições, ficou muito desgostoso, foi a Tancos, roubou uns explosivos e tratou pessoalmente de atrasar a obra”, afirma Simplício, assessor do autarca.

A explosão, ocorrida esta manhã, foi confundida com a trovoada e os lisboetas nem se aperceberam de nada.

“Concordo, dava-me jeito a estação, mas percebo que em primeiro lugar está a ética”, concorda um utilizador do metropolitano de Lisboa. Recorde-se que a abertura da estação estava prevista para esta terça-feira.

Apoie o "jornalismo"

Se a imprensa é fundamental para garantir a liberdade, a Imprensa Falsa é fundamental para garantir a liberdade com alguma animação.