Publicidade
InícioPolíticaJosé Sócrates interrompe juiz e confessa um crime porque até ele estava...

José Sócrates interrompe juiz e confessa um crime porque até ele estava a achar demais

Ex-primeiro-ministro começou a ficar embaraçado.

| @zepiter |

José Sócrates acaba de interromper o juiz Ivo Rosa para confessar um crime. Até o próprio ex-primeiro-ministro estava a achar demais.

“O senhor doutor juiz, desculpe, eu sei que não posso falar, mas vá, vamos admitir que isso de Vale do Lobo, pronto, enfim, talvez possa ter, sei lá, acontecido”, afirmou o arguido José Sócrates.

“Sim, vá, ok”, acompanhou o advogado, “só para desenjoar”.

“Mas… não existe qualquer elemento de prova…”, insiste o juiz. “Existe, estou-lhe a dizer, meti um milhão ao bolso, aí, vá, continue”, voltou a confessar Sócrates. “Mas então a sua declaração é incoerente”, acrescenta o juiz.

“Homem, por Deus, juro por tudo quanto é mais sagrado”, respondeu o antigo chefe de Governo, já um pouco enervado. O juiz não achou credível e mandou arquivar.