Jornalista alemã que viveu um ano sem dinheiro acordou a falar português

ng3410943

Greta, a jornalista alemã de 30 anos que passou um ano sem dinheiro para tentar perceber como seria a vida em caso de colapso do sistema económico, acordou a falar português.

«Bom dia, amorzinho», disse Greta, esta manhã. «Was?», perguntou Simplireich, o seu namorado alemão, que naturalmente não percebeu. «Vás onde?», quis saber Greta, porque agora foi ela que não percebeu. «Ich verstehe nicht alles», afirmou Simplireich, já preocupado com os efeitos que um ano sem dinheiro podem ter provocado na namorada. «Ai filho, não percebo nada do que tu dizes. Parece que acordaste a falar alemão», concluiu a namorada.

Na verdade, foi Greta que acordou a falar português, mas acordar a falar outra língua não é uma situação inédita. «Não é a primeira vez que sucede. Há dias apareceu-me aqui um consultor imobiliário de Cascais que também acordou de um dia para o outro a falar chinês e russo e eu pensei que ele tivesse caído de umas escadas durante uma visita, mas parece que não, parece que foram os vistos golds que o deixaram naquele estado», explica o Dr. Simplício, especialista em acordar a falar outras línguas. «No caso da menina Greta, como passou um ano sem dinheiro, era natural que também começasse a falar português, porque o corpo habitua-se, não é!?», conclui o Dr. Simplício.

Entretanto, depois de conhecerem a história da Greta, os portugueses mostraram-se muito sensibilizados e prometem agora eles, como retribuição, passar um ano como jornalistas.