Início Sociedade Faltam sacerdotisas do Tibete no SNS e muitos vêem-se obrigados a procurar...

Faltam sacerdotisas do Tibete no SNS e muitos vêem-se obrigados a procurar chuva dourada em boîtes no privado

Publicidade

Depois de uma amiga do actor Ângelo Rodrigues ter afirmado que contactou uma sacerdotisa no Tibete para o ajudar, foram muitos os portugueses que procuraram o mesmo auxílio mas depararam-se com uma falta de sacerdotisas do Tibete no Serviço Nacional de Saúde.

Em declarações ao Imprensa Falsa, a ministra da Saúde nega tal escassez mas admite que pode ser necessário os utentes recorrerem à Unidade de Saúde Familiar do Tibete.

Certo é que são muitos os utentes que se vêem obrigados a recorrer à chuva dourada, que foi a terapêutica recomendada pela sacerdotisa, em boîtes no privado.

“250 euros gastei eu hoje aqui, não se admite, é que nem têm acordo com os seguros”, explica Simplício, à saída da boîte Precipitesão, “mas efectivamente estou melhor da sinusite”.