Facturas com gorros, luvas e pés de cabra: Polícias obrigados a comprar até o equipamento para os bandidos

Numa investigação do Imprensa Falsa às facturas mostradas no Parlamento pelo deputado do Chega, foram encontrados artigos específicos para os bandidos. Neste momento, já são os polícias a pagar tudo para a sua actividade.

“Farda, carro, material de escritório e até o equipamento dos bandidos… tive de comprar tudo, ainda esta manhã agarrei dois, quando fui ver, por coincidência, tinha sido eu a pagar tudo”, lamenta o agente Simplício, que estava numa papelaria a comprar papel para levantar os autos.

Numa das facturas analisadas pelo Imprensa Falsa, constavam para além do equipamento do agente, um par de luvas, um gorro, um pé de cabra e uma lanterna.

“E não se pode comprar qualquer coisa, porque eles depois reclamam do material”, desabafa o agente Simplício.