Exames nacionais: Depois de corrigidas as provas, alunos vão ter de apagá-las para serem reutilizadas no próximo ano

Depois de concluídas as provas e da correcção feita, os alunos vão ter de apagá-las para serem reutilizadas no próximo ano.

Segundo uma nota do Ministério da Educação, “nunca ninguém disse que as provas eram dadas, sempre se disse que eram facultadas”.

A medida surgiu depois do sucesso com os manuais escolares, que levou o executivo a ponderar fazer o mesmo com os exames. Neste caso, claro, há a questão de os alunos do próximo ano já saberem a matéria que vai sair, mas isso é considerado uma vantagem.

“Vamos reduzir o stress e até mesmo a apoquentação dos jovens, nesta época, com consequências muito negativas ao nível de funções vitais para o organismo como o sono, o Tik-Tok e o Snapchat”, explica Simplício, do Ministério da Educação.