Duarte Lima volta a ser absolvido depois de perguntar no Tribunal se alguém queria boleia

Duarte Lima viu esta quarta-feira ser-lhe confirmada a absolvição no caso de apropriação de bens do empresário Tomé Feteira, de que era acusado.

Nas alegações finais, o advogado do ex-líder parlamentar do PSD limitou-se a perguntar ao Tribunal, a pedido do seu cliente, se alguém queria boleia para algum lado.

“Não. Ninguém. Nada. Não. Absolvido. Ok. Próximo”, responderam apenas os magistrados. “Por acaso hoje vim de carro. Mas obrigado”, acrescentavam. “Ah, eu preciso de ficar a ver de umas papeladas”, continuavam.

“Alguma coisa sobre o meu constituinte?”, ainda quis saber o advogado de Duarte Lima.

“Não. Nada. Nunca. Não. Alguma vez. O que seria? É pancadaria numa escola…”, garantiu Dr. Simplício, juiz.