Documento Único Automóvel vai passar a ser um cartão para caber na carteira dos inspectores das Finanças

Ficou esta quarta-feira a saber-se que o Documento Único Automóvel vai passar a ser um cartão como o cartão do cidadão. O motivo para esta mudança é evidente, assim o cartão cabe na carteira, mais concretamente na carteira dos inspectores das Finanças, depois de penhorarem a viatura. 

Não se sabe como é que os portugueses chegaram até aqui com um Documento Único como o que existia, uma língua enorme de papel que até tinha de ser dobrada em três. No início era para ter sido ainda maior. “Chegou a pensar-se em fazer um quantos queres”, recorda uma fonte ligada ao processo criativo que deu origem ao Documento Único ainda em vigor. 

Certo é que, mesmo na versão minimalista, ficou difícil de transportar. “Como não me cabia na carteira, tinha de andar com ele numa mochila e à conta disso arranjei um problema nas costas”, lamenta Simplício.  

Mas não se ficam por aqui as mudanças. Nos casos de veículos eléctricos, o documento não será um cartão em plástico mas sim em cartão mesmo, reciclável.