Depois de ver as vendas do Charlie Hebdo, Correio da Manhã decidiu começar a ofender religiões

2012-01-05-banca_jornais_budapeste_reutersDepois de ver as vendas do Charlie Hebdo, que esgotou em poucas horas esta quarta-feira, o Correio da Manhã decidiu começar a ofender religiões e a provocar os extremistas.

Já esta quinta-feira, o Correio da Manhã faz manchete com um cartoon do profeta. Diz quem viu que aquilo vai ofender toda a gente e não só os muçulmanos. «Ao pé disto, o Charlie é um menino», explica fonte próxima do matutino.

Na contracapa também aparecerá uma imagem do Buda sem estar a meditar, que é uma grande ofensa para os budistas, que não o podem ver sem ser a pensar. «Não é que os budistas tenham um grande historial de terrorismo, mas vá que se passam da marmita», acrescenta a mesma fonte.