Segunda-feira, Julho 1, 2024
InícioPaísDepois da Hungria, Costa voltou a aterrar o Falcon em Badajoz para...

Depois da Hungria, Costa voltou a aterrar o Falcon em Badajoz para atestar e comprar uma bilha de gás

Um dia teve que fazer escala numa estância de esqui em plena época.

Está a dar que falar a escala que António Costa fez com o Falcon na Hungria, sobretudo porque aproveitou a paragem para ir ver a final da Liga Europa ao lado de Viktor Orbán.

“Parei para meter gasolina, mas isto não é um Corsa, que só dá tempo para ir fazer um xixi”, explicou o primeiro-ministro, “abastecer o Falcon dá para ir fazer um xixi ao estádio, ao lado do homólogo, que eu nem sabia quem era porque geografia não é comigo”.

Entretanto, em comunicado, o Governo congratulou-se com o facto de os portugueses não saberem a “maçada” que é andar de jacto, nomeadamente a necessidade de fazer escalas e ter de assistir à final da Liga Europa. “Trabalhamos todos os dias para que os portugueses não saibam o que é isso, nem nunca passem pela dificuldade de possuir um avião”, escreve o executivo.

Certo é que António Costa, no regresso de Falcon a Portugal, havia de parar outra vez, desta feita em Badajoz, para atestar mais barato e comprar uma bilha de gás. “Os portugueses não queriam, com certeza, que eu pusesse gasolina no avião em Portugal, portanto parei em Badajoz, claro, e ainda levei uma bilha de gás para São Bento, porque o tempo ainda não está certo”, concluiu o chefe do Governo.

O IF sabe que, nesta paragem, Costa aproveitou para ver um jogo do Deportivo de Badajoz ao lado do alcaide.

 

Apoiar o IF

Tenha a bondade de auxiliar o IF com a sua bondade, por favor.

Artigos relacionados
- Advertisment -

Populares