Depois da greve da função pública esta sexta-feira, sector privado faz greve nos próximos dois dias e só se não aparecer nada urgente

[the_ad id=”10494″] Esta sexta-feira realizou-se uma greve na função pública que reclama uma melhoria das condições do sector público numa altura em que se sentem melhorias na economia.

Depois da função pública, nos próximos dois dias vai realizar-se uma greve do sector privado, isto se entretanto não aparecer nada urgente que tenha mesmo de ser despachado.

“Se tudo correr bem conseguimos fazer uma greve de dois dias”, explica Simplício.