Criminalização do piropo fez aumentar crimes de importunação sexual em pelo menos 8 cm

A criminalização do piropo provocou um aumento dos crimes de importunação sexual em plenos 8 cm, mas há alturas em que o aumento é ainda maior.

“Este aumento do crime é um sinal de que a criminalização do piropo resultou, ao contrário de muitas outras técnicas experimentadas, nomeadamente a ingestão de uma planta que me ia matando”, reconhece um dos proponentes da lei, ignorando que em alguns momentos, nomeadamente quando a água está fria, o crime nem se vê.

Nalguns casos, as queixas chegaram mesmo a ver o martelo da Justiça, com muitas penas a serem aplicadas, sobretudo nas costas.

Entretanto, também se registou um aumento de queixas por parte de homens, sobretudo depois de saírem à rua com jeans super skinny.