InícioPaísAbertura dos voos para Portugal provoca o caos nos céus

Abertura dos voos para Portugal provoca o caos nos céus

| @zepiter |

Mais uma vez, total falta de planeamento. O governo português autorizou os voos não essenciais, incluindo os provenientes do Reino Unido, mas não se lembrou que tal poderia provocar o caos nos céus.

“Há paragens desde o Golfo da Biscaia, para terem uma pequena ideia”, explica Simplício, controlador de tráfego aéreo. Sobre como é possível aviões pararem no ar, Simplício explica que “eles aguentam-se porque são tantos que encaixam uns nos outros, ficando uma espécie de arco das marchas”.

Entretanto, à chegada a Portugal, a espera por aterrar ronda nesta altura a semana e meia, o que quase equivale a uma quarentena. Para contornar esta situação, muitas companhias aéreas estão a largar os passageiros por meio de pára-quedas, oferecendo o equipamento com o preço do bilhete.

“Melhor assim até porque cheguei logo ao hotel, a minha esposa é que levou com a sua própria bagagem na cabeça, de maneiras que ainda está ali a dormir no relvado, mas fora isso correu bem”, garante Simplicy, que veio de Manchester.

Recorde-se que se iniciaram esta segunda-feira os voos não essenciais para Portugal, excluindo apenas aqueles com origem na Croácia, Chipre, Lituânia, Países Baixos e Suécia. Nestes países, a revolta é grande e o povo já se meteu em casa para conseguir atingir valores que permitam as viagens para Portugal.