Segunda-feira, Abril 22, 2024
InícioPaís25 anos depois da Expo98, portugueses ainda estão a digerir a feijoada...

25 anos depois da Expo98, portugueses ainda estão a digerir a feijoada na ponte Vasco da Gama

Mas desde há 5 anos que estão um pouco mais aliviados.

“Querida, traz-me mais uma Água das Pedras, por favor…”, acaba de pedir Simplício, que 25 anos depois ainda está a fazer a digestão da feijoada na ponte Vasco da Gama.

Recorde-se que o evento ocorreu 2 meses antes da inauguração da Expo98 e serviu para celebrar a inauguração daquela ponte.

“Ainda hoje não consigo olhar para feijão”, admite outro indivíduo.

Os gases produzidos pela feijoada são ainda hoje a primeira fonte de energias renováveis em Portugal. “A energia peidólica continua em primeiro lugar, a uma grande distância de outras fontes”, confirma o engenheiro Simplício, da Bufenergy.

A feijoada foi de tal ordem que nunca mais se avançou para outra travessia do Tejo, tudo graças ao receio de se repetir o petisco.

“Não era das pequenas, querida, era uma garrafa de Água das Pedras das grandes”, desabafa Simplício.

Apoiar o IF

Se puder, apoie o único jornal que nunca o enganou a manter o rigor, a isenção e a independência. Caso contrário, vendemo-nos a um grande grupo económico. Ou pior, a um pequeno.

Publicidade
Newsletter

Mais Recentes

Publicidade