Sábado, Junho 22, 2024
InícioPolíticaSão tantas as demissões que António Costa teve de começar a recusar

São tantas as demissões que António Costa teve de começar a recusar

Pedidos acumulam-se.

O primeiro-ministro recusou esta terça-feira o pedido de demissão do ministro das Infraestruturas, naquilo que foi considerado um voto de confiança no seu governante, mas o Imprensa Falsa sabe que a razão é outra.

Com tantas demissões no seu governo, António Costa teve de começar a recusar.

“Tenho muita pena mas não posso aceitar, não tenho vagar, olhe além aquele monte de pedidos de demissão que ainda tenho de despachar”, explica o próprio chefe do Governo, “se é assim tem de se nomear outra pessoa para termos dois primeiros-ministros, eu sozinho não consigo”.

Apoiar o IF

Apoie o único jornal que nunca o enganou. Queremos manter o rigor e a independência. Caso contrário, vendemo-nos a um grande grupo económico. Ou pior, a um pequeno.

Publicidade
Newsletter

Mais Recentes

Publicidade