Portugueses animados com derrota que dificultou contas à selecção mas preocupados por ainda dependermos apenas de nós

Os portugueses animaram-se com a derrota de ontem da Selecção Nacional frente à Ucrânia, mas mantêm alguma preocupação por ainda dependermos apenas de nós.

“Isto assim é fácil demais”, admite Simplício, que gostava de depender dele e de outra selecção.

Em conferência de imprensa, o próprio Fernando Santos reconhece que o jogo em Kiev correu como ele pretendia, uma vez que para se ganhar não se pode estar à espera de o fazer só com vitórias.

“Isto já me estava a cheirar mal, estava a ir muito mais ou menos”, afirmou o técnico. “Nesta altura do campeonato e ainda podia ser cabeça de série em vez!?”, deixava no ar.