Sexta-feira, Junho 21, 2024
InícioEconomiaPortugal entre os melhores destinos para se ser burlado com uma casa...

Portugal entre os melhores destinos para se ser burlado com uma casa de férias

casa-de-feriasTem vindo a aumentar o número de casos de burlas com casas de férias em Portugal, mas o país está tão em alta no turismo que até isso são boas notícias. Portugal acaba de ser eleito o melhor destino para se ser burlado com uma casa de férias.

«Adorámos, sim. Chegámos ontem já tarde, estávamos cansados e carregados de malas, chegámos ao local, perto de Olhão, onde devia ser uma belíssima moradia com piscina e só havia um café manhoso», recorda Tom Simplicy, um turista britânico.

Questionado sobre então como podem ter apreciado uma coisa dessas, Tom explica que foram logo muito bem recebidos pelos senhores do café, ao contrário do que se passou em Espanha, por exemplo, que quando chegaram ao local onde devia ser uma belíssima moradia com piscina estavam lá dois indivíduos que lhes ficaram com as bagagens.

«Muito, muito simpáticos, os senhores do café. E arranjaram-nos logo dois quartos no andar por cima do café que ainda estavam livres, por sorte», continua este turista que, quando questionado sobre se acabaram por dormir bem e descansar, é peremptório: «Não, porque já cá fora, depois de pagarmos e de pegarmos outra vez nas malas, descobrimos que o café também não tinha andar de cima, mas entretanto já lá estava à nossa espera um táxi, por sinal um senhor também muito simpático, que se ofereceu para nos levar à polícia, mas recomendou-nos logo uma esquadra em Viana do Castelo, que ele diz que despachava melhor os processos e não era longe. Acabou por ser um bocadinho longe mas deu para dormirmos na viagem e a viatura era de facto muito silenciosa, eu nem ouvi o ruído do motor e quando acordei já estava em Viana do Castelo, mais concretamente na PSP de Loulé, onde também fomos muito bem tratados. Ao contrário de Itália, por exemplo, que da vez que fomos lá burlados, depois ainda levámos uma sova da polícia e fomos acusados de prostituição por estarmos junto a um motel abandonado a pedir aos carros para pararem.»

Apoiar o IF

Apoie o único jornal que nunca o enganou. Queremos manter o rigor e a independência. Caso contrário, vendemo-nos a um grande grupo económico. Ou pior, a um pequeno.

Publicidade
Newsletter

Mais Recentes

Publicidade