Portas demitiu-se quando Maria Luís foi convidada para ministra, agora que foi convidada para comissária vai matar-se, mas felizmente é irrevogável

ebf-17809889-5af4O agora vice-primeiro-ministro demitiu-se quando soube que Maria Luís Albuquerque tinha sido convidada para ministra das Finanças. Agora que a ministra foi convidada para comissária europeia, o mais certo é o líder do CDS matar-se, mas felizmente a decisão também deve ser irrevogável, portanto Portas continuará são como um pêro.

Por outro lado, depois de se demitir por Maria Luís ir a ministra, o então ministro dos Negócios Estrangeiros foi a vice-primeiro-ministro, o que leva a crer que agora, se Maria Luís for a comissária, Portas mata-se mas depois pode ser qualquer coisa: presidente dos Estados Unidos, da Rússia, do Futebol Clube do Porto, CEO da Apple, dono da Zara, etc..