Paulo Bento espera que Mundial não se resolva à dentada porque tem a selecção cheia de cáries

vi8

O seleccionador nacional explicou esta quarta-feira, em conferência de imprensa, que em teoria até não seria pior se o Mundial se resolvesse à dentada, uma vez que dispensava a utilização de uma bola, que tanto tem prejudicado a equipa.

No entanto, a selecção nacional está cheia de cáries, por isso Portugal voltava a estar em dificuldades, mesmo que as regras do jogo mudassem.

«Não, sabia lá eu que eles tinham cáries», explica Paulo Bento, quando confrontado com o elevado número de cáries a afectar a equipa. «Mandei-os ao dentista, disseram que estava tudo bem. Provavelmente é dos chocolates que têm comido para compensar alguns momentos de ansiedade. Não sei», concluiu o seleccionador.

Recorde-se que a hipótese de o Mundial se resolver à dentada surgiu no imaginário dos portugueses depois de Suárez ter dado uma dentada num jogador italiano.