PAN não consegue tomar uma posição: De um lado Pardal, do outro Cabrita

O PAN já tinha decidido colocar-se ao lado dos camionistas, por não se conseguir opor ao Pardal, mas numa reunião de hoje ficou tudo mais confuso. 

“Vamos ordenar ao Governo que pare de perseguir o Pardal!”, terá afirmado o líder do partido, até que um dirigente se lembrou: “Nesse caso entalamos Cabrita…”. 

Ao cabo de duas horas de discussão, sendo que uma hora e 50 minutos foi a dançar biodanza, não conseguiram chegar a uma conclusão. 

“E este tempo? Nem parece Verão…”, limitaram-se a afirmar num comunicado em que deviam falar sobre a greve dos motoristas.