Início Desporto Não houve risco no Grande Prémio de Portimão: Graça Freitas e Marta...

Não houve risco no Grande Prémio de Portimão: Graça Freitas e Marta Temido estavam no Safety Car

-

São muitas as críticas ao Grande Prémio de Portugal em Fórmula 1, que se realizou em Portimão, mas o Imprensa Falsa acaba de saber que não se correu qualquer risco, nem nas bancadas nem na pista.

A ministra Marta Temido e a directora-geral de Saúde, Graça Freitas, estavam no Safety Car.

As suspeitas começaram quando o Safety Car parou a meio da corrida, junto a uma das bancadas, e o “piloto” começou a gritar “tu para ali, este para aqui, vá lá, distanciamento, ai… senão vai tudo para casa ver o Giro pela televisão”.

Mas não só pela vigilância das bancadas se ficaram as duas. “O menino Stroll não se pode aproximar assim da outra viatura, veja lá se não quer apanhar a Vito para o hotel”, terá ameaçado Graça Freitas, numa paragem do piloto da Racing Point.

Entretanto, parece que ao volante esteve quase sempre Graça Freitas. “U-uh!”, limitava-se a gritar Marta Temido, a cada curva em alta velocidade. “Dê-lhe, Graça, prego a fundo”, acrescentou, numa altura em que fez o dedo da asneira para Lewis Hamilton.