“Não tenho mais condições“: Malária desiste depois de notícias que dão conta de uma nova vacina feita por portugueses

[the_ad id=”10494″] Num emocionado discurso, a malária acaba de anunciar que vai pendurar as chuteiras. Esta decisão surge depois de notícias que dão conta de uma vacina desenvolvida por portugueses.

“Se esta nova vacina tivesse sido desenvolvida por cientistas norte-americanos, franceses, ingleses, alemães ou, sei lá, australianos, ainda podia continuar a tentar infectar pessoas”, lamenta a malária, “mas se foi por portugueses, que andam a vindimar tudo, é melhor sair pelo meu próprio pé”.

Recorde-se que é a primeira vez que uma vacina começa a fazer efeito antes mesmo de entrar na veia.