Ministro do Ambiente nomeia especialista de 24 anos e 2 meses de experiência porque queria nomear um de 16 mas os pais não deixaram

O ministro do Ambiente nomeou um técnico especialista de 24 anos e com 2 meses de experiência, mas apenas porque outro técnico especialista, de 16 anos e sem qualquer experiência, não obteve a devida autorização dos seus pais.

João Pedro Matos Fernandes, que escreveu há poucos dias uma carta a Greta Thunberg, só se quer rodear de gente jovem.

“Eu não vou contratar técnicos especialistas na área do ambiente com trinta e quarenta anos, para me chegarem aqui antiquados com visões do século passado”, explica o responsável, “os ambientalistas, quanto mais jovens melhor, foi pena o outro rapaz, mas pronto, os pais não autorizaram, são negacionistas”.

Entretanto, o novo técnico responsável deve pegar ao serviço no ministério já esta quinta-feira, onde se espera que chegue num carrinho de rodas feito artesanalmente com material reciclado.