Maria João Pires vai ser distinguida com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique mas ainda não sabe que crime cometeu

A pianista Maria João Pires vai ser distinguida com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, já em Setembro.

O anúncio foi feito pelo Presidente da República, que está a recuperar lentamente a fala que perdeu durante uma visita à China, nomeadamente durante uma visita a um templo budista, onde se terá convertido.

Depois de saber da notícia, a pianista ligou imediatamente para o advogado, que já está a preparar a defesa da artista, numa altura em que ainda não sabem qual foi o crime cometido por Maria João Pires.

“Porque ó dr., a minha vida sempre foi tocar piano, eu nunca me meti assim em nada de trafulhice, vá, fumei um ou outro charro, mas que diabo, é por isso que me vão dar uma medalha?”, interrogava-se Maria João Pires, no escritório do seu advogado, Dr. Simplício.