Madonna fica em Portugal: Cantora conseguiu autorização para meter o cavalo no IRS

Alívio nas bolsas internacionais e nas taxas de juro, isto depois de Madonna usar o Instagram para anunciar que recuou na decisão de abandonar Portugal – o Portugalexit – e afinal fica, tendo até pedido mais lugares de estacionamento à autarquia lisboeta. “Two more range rovers… no, not trotinetes, range rovers, r-a-n-g-e-r-o-v-e-r-s, no! not shared bicycles!… oh my god, i’m going back to LA…”, ia afirmando há pouco, ao telefone com o município. 

Recorde-se que a popular cantora alfacinha tinha decidido abandonar Portugal por não a terem deixado meter um cavalo num palacete em Sintra. Acontece que, agora, conseguiu autorização para meter o cavalo no IRS, que ainda é mais maluco. 

“Mas sobretudo vantajoso, porque o que eu gasto com o Cinco Patas não lembra o diabo, ainda por cima ele também aprecia champanhe”, explica Madonna. 

Quem não concordou nada com isto foi o presidente da câmara de Sintra, que num post do Facebook veio condenar esta autorização. “O Portal das Finanças, como já se viu, não tem condições técnicas e de segurança para levar com um cavalo, é evidente que vai abaixo outra vez”, escreveu Basílio.