Início Ciência Laboratórios procuram vacina capaz de reconhecer que aquela pessoa não era prioritária,...

Laboratórios procuram vacina capaz de reconhecer que aquela pessoa não era prioritária, transformando-se em laxante

| @zepiter |

É uma corrida contra o tempo. Muitos laboratórios estão à procura de uma vacina que seja muito eficaz contra a Covid-19, mas nada eficaz quando a pessoa que a toma não faz parte dos grupos prioritários. 

“Nesse caso, portanto, a vacina, ao reconhecer que aquela pessoa não é prioritária, transforma-se num poderoso laxante, capaz de obrigar a pessoa a confinar-se até ao fim da pandemia numa casa de banho”, explica o Dr. Simplício.

Esta segunda-feira, no laboratório que vai mais à frente na investigação, os primeiros ensaios correram muito bem. “Socorro, deixem-me passar, onde fica o w.c.?”, gritava um voluntário que, a esta hora, ainda se encontra na casa de banho do laboratório. 

Se tudo correr bem, no final deste mês já começam a chegar as vacinas com vacina contra Ganancite-N.