Jorge Clooney

Parece que George Clooney está a fazer uma casa em Portugal, mais concretamente na Comporta. Where else?, não é? Vai tudo parar à Comporta. Há uns consideráveis anos, ia lá de férias com uma malta e alugávamos uns quartos numa casa muito humilde que, por estes dias, já deve pertencer à Lady Gaga. A verdade é que a Comporta está completamente na moda e na moda internacional. Manuel Pinho, que se lembrou de chamar Allgarve ao Algarve, com certeza passava a chamar-lhe Withdoor. 

Para sermos rigorosos, a nova casa de George Clooney fica em Melides. Foi no Observador que li que era na zona da Comporta, mas já me explicaram que é em Melides. O Observador dizer que é na “zona da Comporta” equivale a eu dizer que li na zona do Expresso. 

Adiante. Há uma questão ambiental aqui envolvida, claro. Construção atrás de construção, nomeadamente de campos de golfe. Nada que não esteja ao nosso alcance resolver, nomeadamente adquirindo um Nissan Leaf ou um Renault Zoe. 

A notícia da zona do Expresso que dava conta do investimento de George Clooney também dizia que ele estará cá em Setembro. Podiam dizer a que horas passa na Segunda Circular, para lhe irmos dizer adeus. Será que vai no ferry? Parece que estou a ver o Clooney e a Amal no barco para Tróia. Naturalmente, vão de helicóptero. Não se chega à Comporta num Seat da Europcar, com a Amal mareada. Nem conseguia ver a obra por não conseguir tirar a cabeça do saco de enjoo. “George, depressa, traz-me uma Perrier…”, “Aqui só têm Água das Pedras, Amal…”, “Não, não há mal, pode ser…”. 

Informação amiga garante-me, no entanto, que George Clooney aterrará no aeroporto de Beja, seguindo depois de carro para a “zona da Comporta”, que é Melides. Eu diria que é importante avisar-se alguém em Beja, desde logo para irem lá abrir a porta. Era o que faltava, a aventura de Clooney em Portugal começar com o galã pendurado numa vedação de cabeça para baixo, com as calças rasgadas. Mas o aviso é sobretudo importante para ninguém apanhar um susto. “O que é isto, vem um avião nesta direcção, socorro!”, “Calma, homem, isto é um aeroporto, na parece mas éi”. 

Entretanto, para quem estiver interessado em ser vizinho do homem mais charmoso de que há memória, o empreendimento chama-se Costa Terra Golf & Ocean Club. Não devem estar à espera de clientes portugueses, porque nesse caso ter-lhe-iam chamado Cabrita Rua Golf & Ocean Club.

Também tinha alguma graça – enfim, para quem já vier bem disposto – que o lote de Clooney fosse o número 11, porque a moradia seria então George Clooney, Zona da Comporta, Costa Terra Golf & Ocean’s Eleven. 

Mas pronto, também não queria aprofundar assim muito este tema. Só me ocorreu que Clooney, uma vez em Portugal, terá oportunidade de provar um café Delta e encontrar assim a resposta para uma pergunta que faz há anos: What else? Agora já sabe. 

- Advertisment -

Últimas