Homo sapiens feliz por saber que tem mais 105 mil anos porque assim já só lhe faltam 50 mil para a reforma

[the_ad id=”10494″]Foi com um sorriso estampado no fóssil que o Homo sapiens ficou a saber que tem mais 105 mil anos do que se pensava. Com esta importante descoberta, esta espécie já só se encontra a 50 mil anos da reforma, embora com desconto porque é antecipada.

Feita uma primeira análise às morfologias facial, mandibular e dentária, foi concluído que o Homo sapiens ainda está muito bom para trabalhar.

Recorde-se que o fóssil mais antigo tinha sido datado com 195 mil anos, um erro que se explica facilmente. “Se hoje a loja do cidadão é confusa, não imagina na idade da pedra, de maneiras que durante muito tempo ninguém registava as crianças”, recorda Simplício, Homo sapiens.