InícioInternacionalGoverno tinha arranjado uma cabana no Zmar para o foguetão chinês mas...

Governo tinha arranjado uma cabana no Zmar para o foguetão chinês mas acabou por cair nas Maldivas

| @zepiter |

Depois de se desintegrar no regresso à Terra, não se sabia onde podia cair o foguetão chinês. Umas das hipóteses era o Oceano Atlântico, razão pela qual o Governo português tratou de arranjar um sítio em Portugal, caso fosse essa a escolha.

“Temos aqui esta cabana, das mais antigas, está para ir para obras, portanto o foguetão pode cair aqui, a madeira vai amortecer a queda e depois então vai para obras”, esclarece o ministro da Administração Interna. “Não se podem queixar, estão falidos, assim pagamos nós a obra…”, acrescentou.

No entanto, o foguetão havia de cair nas Maldivas, prova de que Portugal já não estará na moda em matéria de Turismo. Os proprietários do Zmar, que não queriam o foguetão, acabaram por ficar ofendidos: “Maldivas, pffff, nem devem ter animais para as crianças verem…”.

Recorde-se que o foguetão fazia parte da missão espacial chinesa e terá custado qualquer coisa como 1€. Felizmente, a missão não vai ser interrompida porque na caixa vinham logo dois foguetões.