InícioInternacionalGoverno português critica Bielorrússia por não ter desviado um avião de uma...

Governo português critica Bielorrússia por não ter desviado um avião de uma companhia aérea de bandeira

| @zepiter |

O Governo português juntou-se esta quinta-feira ao coro internacional de críticas ao governo bielorrusso, que no início da semana desviou um avião da Ryanair por suspeitar que a bordo estivesse uma bomba.

A única bomba que seguia a bordo do avião, porém, era uma passageira de leste sentada no A10. Aquilo que o governo bielorrusso pretendia era deter um jornalista que, de facto, tende a ser chato.

Certo é que as críticas do governo português não se prendem com a detenção do incómodo repórter. Em causa estará o facto de se ter desviado um avião de uma companhia low cost.

“Ainda por cima dessa companhia manhosa que até o dinheiro da bica é capaz de pedir às pessoas”, explicou o ministro Simplício Nuno Santos, que tem tido alguns problemas com a companhia irlandesa.

O Governo português defende que Lukashenko só devia desviar aviões de companhias de bandeira e não devia prender jornalistas que voam em low costs. “Um jornalista que voa em low cost não pode fazer estragos nos nossos governos, estimado Aleksandr…”, concluiu o executivo, bastante duro nas palavras.