Segunda-feira, Julho 4, 2022
InícioPolíticaGoverno não preveniu falhas nas urgências de obstetrícia porque julgava que eram...

Governo não preveniu falhas nas urgências de obstetrícia porque julgava que eram as cegonhas que traziam os bebés

Numa nota de profunda humildade, o Governo reconheceu esta quarta-feira que não preveniu as falhas que se estão a sentir nas urgências de obstetrícia e explica o que se passou.

“Fomos surpreendidos por partos naquelas unidades de Saúde, quando acreditávamos todos, no executivo, que eram as cegonhas que traziam os bebés e por isso, se formos ver, o espaço aéreo está aberto e desimpedido para a passagem das bichas”, pode ler-se no comunicado do Governo.

- Publicidade -

“Fomos ingénuos? Talvez, mas sempre nos disseram que eram as cegonhas que traziam os bebés”, pode ler-se mais à frente, antes do anúncio de medidas ferozes contra a desinformação. “Estas mentiras não podem continuar a proliferar”, acrescentam.

Entretanto, o Imprensa Falsa conseguiu chegar à fala com a própria ministra da Saúde, que ainda não está certa de que não são as cegonhas as responsáveis pela obstetrícia. “Estamos a analisar, formámos um grupo de trabalho que vai averiguar, queremos apurar tudo, mas não vamos com certeza assumir responsabilidades que não sejam nossas e que sejam das cegonhas”, afirmou Marta Tremida.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

Últimas