Governo dá até 6500€ aos emigrantes que regressem, mas o mundo uniu-se e oferece o dobro para os portugueses não saírem

Depois de o Governo português ter oferecido até 6500 euros aos emigrantes que regressem, num processo muito simples que implica uma série de prorrogativas e condições, que verificadas permitem uma equação de índices de apoios sociais, consignados a despesas como o transporte da tralha, etc..

A notícia foi bem recebida, pelo menos pelos portugueses que não emigraram, pois os que estão lá fora pensaram que era a brincar. “Isto deve ser da Imprensa Falsa”, comentou Simplício, que está em Bruxelas. 

Mesmo perante esta indiferença, o mundo não subestimou esta ameaça do Governo português e oferece o dobro aos portugueses para não saírem.

“Não sei bem o que seria dos nossos países sem os portugueses”, afirmaram vários líderes mundiais, reunidos entretanto de emergência. A reunião era sobre alterações climáticas mas o tema mudou rapidamente para a eventual saída dos portugueses.