Elevada probabilidade de a Humanidade acabar até 2050, menos os portugueses, que só se podem extinguir se tiverem os impostos em dia

O estudo que diz que há uma elevada probabilidade de a Humanidade acabar até 2050 está a preocupar o mundo inteiro, menos Portugal. Não é que os portugueses sejam malucos, simplesmente sabem que não se podem extinguir se não tiverem os impostos em dia. 

“Se eu tiver assim um imposto em falta, vai ver que não me extingo”, garante Simplício, “eles não permitem, é recusada a extinção, seguramente, isso é que era bom, estou mesmo a ver, só me posso extinguir com tudo liquidado”. 

Apesar disso, os portugueses reconhecem que se a Humanidade se extinguir até 2050 e eles ficarem por cá a pagar os impostos, as coisas vão ficar um pouco menos divertidas. 

“Há uma vantagem em ter o mundo todo para nós, desde logo ao nível do estacionamento, mas pronto, o turismo também é uma coisa importante e se eles forem para o galheiro, não há turismo para ninguém”, acrescenta Simplício, “por outro lado, menos turismo, menos dinheiro para pagar impostos e sem impostos liquidados não temos com que nos preocupar, pelo menos ao nível da extinção”.