‘Diminuição do IVA na restauração e oferta do couvert’: Conheças as propostas económicas do PS

18988703_770x433_acf_cropped-770x433O PS apresentou esta terça-feira o seu plano de recuperação económica, que resulta de um trabalho de vários economistas, pois António Costa já largou a câmara mas ainda preside a várias corporações de bombeiros, de maneiras que ainda não tem vagar para tudo.

No documento, que se chama “Uma década para Portugal”, mas que Costa gostou tanto que preferia ter chamado “Uma décadazaça para o Mundo”, os socialistas apresentam as suas medidas, que o IF agora resume:

– Devolver o valor de todas as chamadas para concursos telefónicos da televisão, sempre que que estas não tenham dado lugar a prémio;

– Repor a televisão por cabo nas casas em que esta tenha sido entretanto cortada, acrescentando mais 40 canais, entre os quais desportivos e de pouca vergonha;

– Aumentar o pénis dos indivíduos que não estão satisfeitos;

– Eliminar a sobretaxa do IRS e a instabilidade climatérica, que ora está frio ora está calor, provocando mal-estar geral na população;

– Relativamente à medida anterior, institui-se apenas o bom tempo;

– O valor das raspadinhas não premiadas será também devolvido aos apostadores com mais de 65 anos, bem como a meia leite que tomaram enquanto tentavam a sorte;

– Diminuição do IVA na restauração e oferta do couvert, mesmo que tenha pratinho de presunto ou casquinha de sapateira;

– Oferta também de meio jarro do vinho da casa;

– A redução do IVA na restauração implica uma diminuição da receita mas com a oferta do couvert e do jarrinho de vinho da casa, haverá um aumento do consumo de sobremesas que compensará a descida;

– Mantém-se o sorteio de um Audi pelos contribuintes que pedem factura, mas em respeito pelo princípio da igualdade será sorteado um BMW pelos que não pedem;

– Eliminação da TSU, porque o aumento previsto do consumo das sobremesas dá folga para tudo.